Igreja Evangélica Avivamento Bíblico

   

  • Cultos ao vivo!
    Sábados 19:30h Domingos 19h

    *horário local

  • Rolim de Moura - Rondônia
    Frase do dia
    "O que investimos um ano para construir, pode ser destruído em segundos de insensatez."
    Notícia

    Obediência e perseverança trouxeram a bênção do Senhor

    Apesar do sucesso geral do projeto, a equipe enfrentou desafios e situações que exigiram confiarem no Senhor e serem obedientes em circunstâncias difíceis.

    Por www.avivalista.com.br
    Em 15 de março de 2014

    comentários imprimir

    A- A+

    Imagem adicional

    Em um lugar onde feriados cristãos passam despercebidos, foi uma alegria para a equipe da Portas Abertas ser capaz de compartilhar a história do nascimento de Cristo com tantas pessoas.

    A equipe de quinze cristãos visitou escolas de primeiro grau, ensino médio, maternidades, creches, orfanatos e escolas estaduais. Eles ministraram a essas comunidades, distribuindo oito mil calendários contendo versículos da Bíblia. Eles também distribuíram quatro mil presentes de Natal para crianças, organizaram espetáculos de rua retratando o Evangelho e forneceram literatura cristã escrita no idioma local.

    Apesar do sucesso geral do projeto, a equipe enfrentou desafios e situações que exigiram confiarem no Senhor e serem obedientes em circunstâncias difíceis. Um dos membros da equipe, um homem chamado Murat*, compartilhou uma dessas experiências:

    "A maior oposição que enfrentamos foi realizando um evento em uma escola local," explicou. "A mãe de um dos alunos reclamou com o diretor sobre a escola receber eventos de Natal. Ela, então, contatou a Secretaria Estadual de Educação, que nos questionou intensamente sobre os materiais que foram distribuídos."

    A Secretaria Estadual de Educação recomendou que os materiais fossem enviados aos principais do clero muçulmano para revisão. Ao ouvir isso, a equipe se reuniu em oração para buscar a sabedoria de Deus. Isso os deixou fortalecidos espiritualmente e motivados a continuar com o projeto conforme planejado.

    "Enquanto aguardávamos uma resposta, visitamos outra comunidade onde cerca de 100 pessoas se reuniram para o nosso programa de Natal", continuou Murat. "Lá encontramos pessoas que tinham ligações com o Departamento de Educação e prometeram ajudar na resolução do conflito. Como resultado, os nossos materiais não foram enviados para o clero muçulmano e foram liberados para uso!"

    A equipe foi capaz de continuar com seu projeto e muitas vidas foram impactadas. Em resposta ao seu alcance, Zuchra*, mãe de seis filhos, compartilhou o efeito que teve em sua família:

    "Eu sou muito grata a Deus pela oportunidade de conhecê-los. Vocês vieram para a nossa casa e trouxeram este feriado tão especial. Minha filha vai celebrar o Natal pela primeira vez em sua vida. É incrível! Agradeço a Deus por este presente maravilhoso!"

    *Nomes alterados por razões de segurança

    Comentários

    Leia também

    Ateus distribuem material antirreligioso em escolas primárias

    31/03/2014

    Como é a vida dos cristãos nos países mais opressores ao Evangelho

    15/03/2014

    Guerrilhas colombianas recrutaram mais de 1.300 crianças em dois anos

    15/03/2014

    Últimas notícias

    » A Bíblia é o documento mais historicamente correto de todos os tempos

    31/03/2014

    » Ainda é possível ressuscitar os mortos com orações?

    31/03/2014

    » Cristãos e muçulmanos louvam ao mesmo Deus?

    31/03/2014

    » Ateus distribuem material antirreligioso em escolas primárias

    31/03/2014

    » Falsa mensagem diz que religião será proibida no Facebook

    15/03/2014

    » Guerrilhas colombianas recrutaram mais de 1.300 crianças em dois anos

    15/03/2014

    » Como é a vida dos cristãos nos países mais opressores ao Evangelho

    15/03/2014